Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Câmara Municipial fez homenagem em nome a paróquia (Foto: Divulgação)

Por ocasião de seu cinqüentenário de instalação, celebrado nesta segunda-feira, 15 de agosto, a Paróquia Nossa Senhora da Salete, no Bairro Próspera, recebeu na noite desta terça, 16, em seu salão paroquial, a homenagem da Câmara Municipal de Criciúma.

A cerimônia se dedicou também ao padre Manoel Odorico Francisco, que completa no próximo sábado, 20, seu jubileu de ouro na paróquia. Aos 80 anos de idade e 53 de sacerdócio, padre Maneca, como é chamado carinhosamente, acolheu junto ao pároco, padre Vilmar Moretti, a homenagem dos edis e de todo o povo presente.

– Como prosperano, não poderia me furtar desta homenagem! – o presidente da Câmara enfatizou a importância da Igreja na constituição do bairro, com o povo edificado na fé e na unidade, através da Eucaristia.

O arquiteto Fernando Carneiro, responsável pelo projeto da igreja matriz, que vista de cima apresenta formato de cruz e das laterais, formato triangular, relata as incumbências que o padre Estanislau Ciseski havia lhe dado, na época.

– Ela tem esse formato por dois motivos: por me lembrar da Santíssima Trindade e porque o padre me pediu que a fizesse o mais barata possível.

O vice-prefeito, Márcio Búrigo, representou na sessão o prefeito Clésio Salvaro, que esteve presente minutos antes da cerimônia.  Participante assíduo das celebrações dominicais, recordou as intempéries naturais que por duas vezes destruíram a igreja e saudou o trabalho de Carneiro e presença constante dos padres.

A leiga Zélia Vieira Stakovscki foi convidada pelo também leigo Sérgio Boarolli, a fazer a entrega da placa de homenagem ao Pe. Vilmar Moretti.

– Quando Dom Paulo me convidou para assumir a paróquia da Próspera, aceitei com muita alegria -, disse o pároco, que permaneceu durante 14 anos na paróquia São Marcos, de Nova Veneza. Duas comunidades grandes, segundo ele.

Padre Vilmar falou também sobre a reconstrução da igreja em sua forma original, quando os dois padres buscaram atender o desejo dos paroquianos.

– Assumimos juntos a reforma em 2006, que traçou nova história na caminhada, com a ajuda da comunidade e do arquiteto Fernando Carneiro e seu filho Maurício.

Padre Manoel também recebeu a placa em homenagem e acolheu a brincadeira do vereador Toninho da Imbralit, que lhe presenteou com um boneco e uma camisa do Botafogo.

– Se conseguimos realizar algo nessa comunidade, deve-se ao espírito de união de todos os paroquianos. Ao Pe. Vilmar, o meu profundo agradecimento! Esta noite é um marco que vai enriquecer em muito a nossa história, como comunidade paroquial e como comunidade da Grande Próspera. Que Deus nos ilumine para que possamos fazer nosso trabalho da melhor maneira possível! – finalizou seu discurso o padre Maneca.