Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Agentes precisam de capacitação antes de atuarem junto aos apenados (Foto: Divulgação)

No sábado (27), o juiz da vara de execução penal João Marcos Buch, de Joinville, discutiu direito penal e redução da maioridade penal e tirou dúvidas sobre questões jurídicas relacionadas a PCr .

A Irmã Ivanete Paes, da Diocese de Lages, apresentou uma visão bíblica e teológica, seguida de uma sensibilização, pela Comissão de Comunicação da PCr, sensibilizando os agentes a participarem da primeira etapa do curso sobre justiça restaurativa, em outubro de 2015 na cidade de Palhoça, SC.

À noite, após uma celebração presidida pelo coordenador regional da pastoral, padre Almir José Ramos, os agentes visitaram os Presídio Regional de Mafra.

— Este momento vivido pelos agentes muito intenso, ao presenciar, na prática o trabalho missionário da PCr, que coloca em ação a Exortação do Papa Francisco “Evangelii Galdium”, sobre a Igreja em saída — disse Aline Ribeiro de Mello, da equipe de comunicação.

No domingo, padre Almir apresentou a cartilha nacional de formação para novos agentes e tirou dúvidas referentes ao trabalho nos presídios e penitenciárias após a oração de envio para o trabalho missionário dentro da PCr nas dioceses.