Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Cerca de 300 pessoas exigiram melhores condições no atendimento e mais investimentos na área da saúde durante uma marcha em Joinville, no sábado, 24. A iniciativa foi do Conselho Municipal de Saúde, da Diocese de Joinville, do Conselho Ecumênico e o Centro de Direitos Humanos.

A Marcha pela Saúde partiu, às 8 horas, da Praça Nereu Ramos, no centro, em direção ao Hospital Municipal São José. Em frente ao estabelecimento, foi realizado o Culto Ecumênico com o bispo diocesano, dom Irineu Roque Sherer, do pastor Sinodal Inácio Lemke, alem de outros padres e pastores da cidade de Joinville.

A marcha contou com a participação das pastorais sociais da Igreja Católica, sindicatos de aposentados, de pessoas da cidade de Brusque (SC) e de Guaíba (RS), que uniram-se a mobilização. Também aderiram, missionários que realizam visitações na Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição.