Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Exposição de trabalhos da diocese também aconteceu no Conselho (Foto: Divulgação)

Exposição de trabalhos da diocese também aconteceu no Conselho (Foto: Divulgação)

Nos dias 29 e 30 de julho, estiveram reunidos no Centro Diocesano de Formação em Chapecó, os membros do Conselho Diocesano de Pastoral. Em pauta  no primeiro dia, o texto de Conjuntura Eclesial e Sínodo para uma nova envagelização” de Mario de França Martins, onde os mesmos foram divididos em seis grupos de trabalho e debate, a partir do texto, as perguntas propostas pela coordenação.

No segundo dia, as atividades iniciaram com celebração na capela.Após a celebração, dom Manoel João Francisco trabalhou as novas Diretrizes Gerais da Ação Evanfgelizdora da Igreja no Brasil definidas durante a 49ª Assembleia Geral dos bispos, comparando e complementando as atuais diretrizes da diocese.

O vigário-geral diocesano, padre Clair Lovera, trabalhou os sacramentos da igreja esclarecendo algumas dúvidas dos conselheiros. A tarde, alguns encaminhamentos sobre o Seminário Diocesano de Nucleação que ocorrerá em outubro (29 e 30), exposição dos materiais elaborados pela diocese como Jornal Diocesano, que em novembro completa 100 edições; o Livro de Louvações recém lançado pela Coordenação Diocesana de Liturgia, com ritos de louvações específicos para o domingos e festas dos tempos comuns, subsídios de cantos e CDs, após comunicados, avaliação e envio.

Daiane Servo, do site da Diocese de Chapecó