Vivafloripa.jpg

Mulheres são maioria no Viva Floripa, que refuta pauta do movimento feminista sobre a autonomia da mulher quanto a gestação. (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/CNBB Sul 4)