No estado de Santa Catarina, as Romarias da Terra e das Águas representam a caminhada histórica do povo em busca de seus direitos e da preservação ambiental. Originadas da necessidade e da orientação pastoral da comunidade trabalhadora, essas romarias são um marco na conscientização popular e na luta por justiça social.

Impulsionadas por uma nova releitura bíblica, as romarias se tornaram momentos de celebração e fortalecimento espiritual para enfrentar os desafios sociais. Elas não apenas relembram as conquistas dos movimentos sociais, mas também valorizam a diversidade cultural e religiosa do povo catarinense.

A primeira Romaria da Terra ocorreu em 14 de setembro de 1986, em Taquaruçú (Fraiburgo), com a participação de cerca de 20 mil romeiros de todas as regiões de Santa Catarina, organizada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT/SC) juntamente com a diocese de Caçador. Esse evento inaugural marcou o início de uma tradição que perdura há mais de 30 anos, percorrendo todas as dioceses do Regional Sul 4 da CNBB.

A última Romaria foi celebrado o Jubileu de 25 anos das Romarias, com o tema: “Semeando vida no campo e na cidade” e lema, “Toda a criação está gemendo como em dores de parto” (Rm 8,22), mais de 10 mil romeiros e romeiras das dioceses de Santa Catarina se reuniram em São José do Cerrito (SC), na diocese de Lages. Ainda na 25ª edição da Romaria, celebrou os noventa anos da Diocese de Lages, 50 anos da CNBB Regional Sul 4 e 40 anos da Comissão Pastoral da Terra/SC.

Ao longo dos anos, as romarias passaram por mudanças, incorporando o tema “das águas” e tornando-se o evento “Romaria da Terra e das Águas”.

Cartaz da 26ª Romaria

A 26ª edição será sediada na Arquidiocese de Florianópolis, no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos, em 9 de junho de 2024. Com o tema “Peregrinos da Esperança no cuidado da Casa Comum”, esta romaria assume uma importância ainda maior em meio aos desafios ambientais globais. É um momento de reflexão, oração e ação em defesa da vida e da dignidade de todas as criaturas, fortalecendo os laços de fraternidade e compromisso comum.

Assim, as Romarias da Terra e das Águas continuam a unir luta, fé e resistência, incluindo todos e todas na construção de um mundo mais justo e sustentável.

 

 

 

Confira o histórico das romarias em Santa Catarina.

  Cidade Diocese Ano
Fraiburgo Caçador 1986
Papanduva Caçador 1987
Ponte Serrada Joaçaba 1988
São Domingos Chapecó 1989
Taió Rio do Sul 1990
Otacílio Costa Lages 1991
Forquilhinha Criciúma 1992
Florianópolis Florianópolis 1993
Aberlado Luz Chapecó 1994
10ª Mafra Joinville 1995
11ª Fraiburgo Caçador 1996
12ª Ituporanga Rio do Sul 1997
13ª Curitibanos Lages 1998
14ª Maravilha Chapecó 1999
15ª Lages Lages 2000
16ª Rio dos Cedros Blumenau 2001
17ª Itaiópolis Joinville 2003
18ª São Carlos Chapecó 2004
19ª Caçador Caçador 2005
20ª Correia Pinto Lages 2007
21ª Ilhota Blumenau 2009
22ª Irani Joaçaba 2011
23ª Timbó Grande Caçador 2015
24ª Pescaria Brava Tubarão 2017
25ª São José do Cerrito Lages 2019
26ª Governador Celso Ramos Florianópolis 2024
Por Jaison Alves da Silva | Arte do Cartaz da Romaria