Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nos dias 19 e 20 de agosto de 2022, as coordenações da ação evangelizadora do Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB estão reunidos, em Criciúma/SC, para a 54ª Assembleia Regional de Pastoral. Na assembleia estão presentes: bispos, coordenadores diocesanos de pastoral, ecônomos diocesanos, coordenações das pastorais, movimentos, serviços e organismos em nível estadual.

A abertura do encontro, dia 19, foi conduzida por Dom Francisco Carlos Bach, presidente da CNBB Sul 4 e Bispo da Diocese de Joinville, que ressaltou a importância do encontro para que a Igreja de Santa Catarina possa trabalhar em conjunto. Dom Jacinto Inácio Flach, Bispo da Diocese de Criciúma, acolheu a todos e comentou a alegria de estar recepcionando a assembleia em sua Diocese. Padre Luciano dos Santos, secretário executivo da CNBB Sul 4, fez a apresentação dos novos participantes e passou a palavra para os assessores deste primeiro dia.

 

Missão como processo da Sinodalidade

O tema central da assembleia é a Missão. Dentro deste contexto as explanações foram divididas em subtemas: A realidade é mais importante do que a ideia (ESCUTAR); A transformação missionária da Igreja; Toda ação evangelizadora autêntica é sempre nova (DISCERNIR); A missão como ação do Espírito na Igreja e na Sociedade (AGIR). Dom Odelir José Magri, mccj, Bispo da Diocese de Chapecó e presidente da comissão de Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, diz que: “a missão é uma tomada de consciência da vivência do nosso batismo”. Padre Edivandro Luiz Frare, Diocese de Chapecó, comenta: “nossa identidade é missão, somos uma missão de Deus, a forma de Deus relacionar-se e mostrar-se é pela criatura”.

Padre Vitor Hugo Mendes – Diocese de Lages | Foto: Jaison Alves da Silva

Padre Vitor Hugo Mendes, Diocese de Lages, apresenta o tema da missão a partir do livro “Cenários da Igreja” (Libânio, 2012), são eles: Cenário de uma Igreja da Instituição; Cenário de uma Igreja Carismática; Cenário de uma Igreja da Pregação; Cenário de uma Igreja da Práxis Libertadora e Cenário de uma Igreja Plural, fragmentada pós-moderna. Trazendo presente a realidade pastoral da Igreja a partir de documentos do Papa Francisco: Laudato Si, Evangelii Gaudium, Amoris Laetitia, Fratelli Tutti e abordando elementos a partir do Documento de Aparecida.

 

Padre Vitor diz que:

“A ‘Igreja em saída missionaria’ constitui um aspecto fundamental do magistério do Papa Francisco e da necessária reforma da Igreja. Neste sentido, a conversão missionária é, por assim dizer, a base da conversão pastoral e da conversão ecológica. Trata-se, como tem sublinhado o bispo de Roma, de colocar a Igreja em chave missionária”.

 

Ano Vocacional

O terceiro Ano Vocacional da Igreja no Brasil será celebrado de 20 de novembro de 2022 a 26 de novembro de 2023. A iniciativa comemora os 40 anos do primeiro ano temático dedicado à reflexão, oração e promoção das vocações no país.

O tema é “Vocação: Graça e Missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24,32-33), foi inspirado no Documento Final do Sínodo dos Bispos sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O tema é fundamentado na afirmação de que “a vocação aparece realmente como um dom de graça e de aliança, como o mais belo e precioso segredo de nossa liberdade”, conforme o Documento Final nº 78. O texto bíblico que ilumina é do Evangelho de São Marcos “Jesus chamou e enviou os que ele mesmo quis” (cf. Mc 3,13-19) no qual ajuda a aprofundar que a origem, o centro e a meta de toda a vocação e missão é a pessoa de Jesus Cristo. O lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24,32-33) recorda os discípulos de Emaús. O coração que arde ao escutar a Palavra do Ressuscitado e os pés que se colocam a caminho para anunciar o encontro com o Cristo.

Oração do Ano Vocacional

Senhor Jesus,
enviado do Pai e Ungido do Espírito Santo,
que fazeis os corações arderem
e os pés se colocarem a caminho,
ajudai-nos a discernir a graça do vosso chamado
e a urgência da missão.

Continuai a encantar famílias, crianças
adolescentes, jovens e adultos,
para que sejam capazes de sonhar e se entregar,
com generosidade e vigor,
a serviço do Reino,
em vossa Igreja e no mundo.

Despertai as novas gerações
para a vocação aos Ministérios Leigos,
ao Matrimônio, à Vida Consagrada
e aos Ministérios Ordenados.

Maria, Mãe, Mestra e Discípula Missionária,
ensinai-nos a ouvir o Evangelho da Vocação
e a responder com alegria.

Amém!

 

Durante a assembleia houve uma apresentação musical com o Coral “Novos Caminhos” composto por mulheres do Presídio Feminino de Criciúma, trabalho que é realizado pela Pastoral Carcerária juntamente com os agentes do presídio. O dia finalizou com a Celebração Eucarística.

Abaixo segue fotos dos dia e vídeo de Padre Marlon Malacoski, Coordenador do Serviço da Animação Vocacional da CNBB Nacional e Regional Sul 4, no qual apresenta o Ano Vocacional 2023, confira.

 

Por CNBB Sul 4 | Fotos: Jaison Alves da Silva