Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Santo Padre nomeou nesta quarta-feira, 30 de junho, padre Cleocir Bonetti, como bispo da Diocese de Caçador (SC). A Diocese encontrava-se vacante desde junho de 2020, quando dom frei Severino Clasen foi transferido para a Arquidiocese de Maringá (PR), e está sob os cuidados pastorais do padre Renato Luiz Caron, eleito administrador diocesano por seu Colégio de Consultores em agosto de 2020.

Trajetória do novo bispo de Caçador

Padre Cleocir Bonetti nasceu em 7 de agosto de 1972, em São Valentim (RS). Filho de Gilso Bonetti e Terezinha Matievicz Bonetti. Estudou Filosofia em Viamão (RS) e Teologia no ITEPA (Instituto Teologia e Pastoral), em Passo Fundo (RS). Foi ordenado diácono em 4 de janeiro de 1998, em Vista Alegre – São Valentim (RS), e presbítero em 6 de fevereiro de 1999, também em São Valentim (RS).

Possui especialização em psicopedagogia e mestrado em História da Igreja pela Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma. Em 2009, padre Cleocir assumiu o processo formativo do Seminário de Teologia em Passo Fundo (RS). Foi representante dos presbíteros do Regional Sul 3 da CNBB e atualmente é professor da Faculdade de Teologia e Ciências Humanas e vigário geral da Diocese de Erexim no Rio Grande do Sul.

A Diocese

A Diocese de Caçador foi criada em 23 de novembro de 1968 pela Bula “Ut suorum fi delium” do Papa Paulo VI, desmembrada da Diocese de Lages. Possui 25 paróquias e 499 comunidades distribuídas entre 23 municípios do planalto norte catarinense. De acordo com o Censo de 2010, a Diocece possui 303.109 católicos em seu território.