Pascom da CNBB Sul 4 realiza encontro regional.
Pasconeiros debateram os rumos da pastoral e definiram objetivos específicos para fortalecer a ação evangelizadora

A Pastoral da Comunicação (Pascom) do Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realizou, no último sábado, 7 de outubro, seu Encontro Regional. Este foi um momento de olhar para onde a pastoral está caminhando e definir objetivos específicos de atuação de acordo com as diretrizes da ação evangelizadora no Brasil e em Santa Catarina. O encontro estava planejado para acontecer presencialmente na cidade de Rio do Oeste; contudo, diante do momento que o estado vive em função das chuvas, foi realizado de modo online.

O Encontro Regional da Pascom iniciou com a participação de Marcus Tullius, coordenador nacional da Pascom, apresentando os rumos da pastoral no Brasil. O momento foi expositivo, mas também de bate-papo e troca de experiências e serviu como motivação norteadora para o tema a ser tratado em seguida. Uma das inquietações apresentadas por Marcus foi sobre a identidade do agente da Pascom diante da evolução da pastoral e das consequências da atuação durante a pandemia de Covid-19.

O coordenador nacional da Pascom concluiu sua participação resumindo os rumos da pastoral a partir de seis desafios. As provocações apresentadas foram retiradas do livro “Quando a Fé se Torna Social”, do padre Antonio Spadaro:

  1. Passar da pastoral da resposta à pastoral da pergunta;
  2. Passar da pastoral centrada em conteúdos à pastoral centrada nas pessoas;
  3. Passar da pastoral da transmissão à pastoral do testemunho;
  4. Passar da pastoral da propaganda à pastoral da proximidade;
  5. Da pastoral das ideias à pastoral da narração;
  6. Uma pastoral atenta à interioridade e à interatividade.

 

Um dos grandes resultados práticos do Encontro Regional da Pascom foi a definição de objetivos específicos para a pastoral no regional. A partir das experiências locais das dioceses e do olhar sobre as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja em Santa Catarina, foi possível consolidar uma série de objetivos específicos que podem e devem ser assumidos por cada Pascom paroquial.

  1. Garantir a inserção da Pascom nos conselhos pastorais paroquiais e comunitários para ser uma pastoral de conjunto e que expresse sua transversalidade;
  2. Interagir e integrar a Pascom, nos mais diferentes níveis, com os responsáveis pela comunicação daquelas pastorais e movimentos eclesiais que contam com essa atribuição específica;
  3. Direcionar caminhos para a formação dos agentes da Pascom, primando para que as ações da pastoral sigam em conformidade com as diretrizes e orientações da Igreja, em especial com a liturgia;
  4. Conscientizar as comunidades sobre a importância da Pascom na ação evangelizadora;
  5. Passar da pastoral centrada em conteúdos à pastoral centrada nas pessoas;
  6. Encarar os meios de comunicação social, em especial as redes sociais, como ambiente missionário;
  7. Valorizar a participação dos jovens e adolescentes na Pascom.

*Observação: a redação final dos objetivos específicos ainda pode ser alterada.

Por meio do encontro, foi possível conhecer e representar a diversidade da Pascom no Regional Sul 4. A atividade foi conduzida pelo coordenador regional da Pascom, Eduardo Schmitz, e também teve a participação de diversos coordenadores diocesanos e paroquiais que contribuíram para o êxito do encontro. Dom Francisco Carlos Bach, presidente da Comissão Pastoral para Comunicação do regional, e o padre Antonio Marcos Madeira, secretário executivo da CNBB Sul 4, estiveram presentes e acompanharam as decisões da Pascom.

 

Por Eduardo Schmitz, coordenador regional da Pascom | Foto: print