Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Comissão de Escuta apresentou a versão simplificada do Guia Metodológico da Assembleia Eclesial da América Latina e Caribe, dirigido a animadores de comunidades e grupos que participarão do Processo de Escuta. Tem como função prioritária acompanhar todos os agentes pastorais que devem servir de ponte para que ninguém fique de fora deste acontecimento. É projetado para que os agentes da Igreja possam abordar aqueles considerados “improváveis” nesses processos de escuta.

Foi elaborado a pensar no apelo do Papa a esta Assembleia Eclesial: «para não ser uma elite separada do povo santo de Deus, (este processo deve ser feito) junto com o povo, não te esqueças que todos nós fazemos parte do povo. Povo de Deus “.

Este documento consta de duas partes: o guia metodológico simplificado, que tem uma abordagem pedagógica que auxilia os agentes pastorais que servirão de pontes, e a segunda parte, que é uma versão reduzida do Documento para o caminho. Nele você encontra indicações, recomendações e ajuda para especificar a consulta em suas duas modalidades: pessoal e comunitária (tanto para reflexões em grupo quanto para fóruns temáticos).

A esse respeito, Mauricio López, coordenador do Comitê de Escuta, destacou que “o guia metodológico simplificado é um instrumento que está intimamente ligado ao Documento para o Caminho, e se encontra na segunda parte deste mesmo material para facilitar sua gestão integrada “. Posteriormente “haverá também uma versão popular deste guia, em uma linguagem muito mais apropriada para todo o povo de Deus e sobre o que iremos informá-lo em breve.”

Sobre a metodologia

Além disso, os membros do Comitê de Escuta lembraram que “este processo busca oferecer uma oportunidade para a liderança de todo o povo de Deus na América Latina e no Caribe, especialmente na periferia, tomando como inspiração a memória dos frutos, os avanços vividos e tarefas pendentes na Igreja latino-americana desde Aparecida (2007) ”, mas pensando nesta versão simplificada para animadores, sobretudo, os membros das periferias deste santo povo fiel de Deus.

O registro das reflexões será desenvolvido através da utilização de uma plataforma de colaboração online no site da Assembleia Eclesial  em: https://asassemblyeclesial.lat/escucha/

Na plataforma será possível fazer uma inscrição gradativa (tanto na modalidade individual como comunitária), bem como várias formas complementares de participação: outros textos, vídeos, imagens, etc.).

Até “será possível organizar espaços de escuta comunitária, dos diferentes territórios e de acordo com as realidades de forma síncrona e assíncrona. Esses espaços podem ser atividades em grupo e / ou fóruns temáticos, com convocatórias focadas em temas específicos. Nós o encorajamos fortemente a coordenar com as Conferências Episcopais em cada país, e as outras instâncias eclesiais, como a Conferência dos Religiosos, Caritas, pastoralistas específicos, ou outros, para realizar um processo coordenado, ou para ter alguns espaços comuns que fortaleçam a perspectiva sinodal do processo de escuta.

Baixe o Guia Simplificado para Animadores clicando na imagem abaixo:

Por Celam.