Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Famílias que rezam em casa são representadas em presépio de Igreja de Joinville

Na paróquia Santo Antônio, no bairro Bom Retiro, em Joinville (SC) uma comissão montou o presépio e inovou ao trazer para este símbolo natalino o exemplo do que as famílias vivem hoje em dia, que é o isolamento social. Desde o início da pandemia, a igreja tem incentivado os fiéis que pertencem ao grupo de risco e também no período em que as Missas foram suspensas para que retomassem e fortalecessem o hábito de rezar em casa, reunindo a família.

Foto: Paróquia Santo Antônio/Divulgação

A comissão que anualmente pensa o tema do presépio, nesta paróquia resolveu então retratar esta realidade que a igreja chama de “igreja doméstica”. Foi a partir desta ideia que as pastorais desenvolveram as casas e fizeram a decoração. Mais de 80 pessoas participaram da ação. Dentro das residências é possível ver as famílias reunidas ao redor da mesa e também símbolos cristãos como a bíblia e o terço. Padre Renato dos Santos, pároco na Paróquia Santo Antônio conta que uma das casas é bastante especial. “Decidimos representar também a casa de São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria e avós do menino Jesus. Uma das coisas que eu sempre digo é que o primeiro altar de uma criança não é o altar da igreja, mas os joelhos de pai e mãe que incentivam e devem ser exemplos na fé”.

Foto: Paróquia Santo Antônio/Divulgação

Além das casas, que formam uma verdadeira vila ao redor do presépio, as árvores de Natal também receberam decoração especial. Várias pessoas da comunidade paroquial levaram fotos das suas famílias que foram colocadas em molduras e penduradas nos pinheiros.

Foto: Paróquia Santo Antônio/Divulgação

Presépio em tamanho real encanta moradores de São Bento do Sul

Em São Bento do Sul outro exemplo de criatividade ao montar o presépio. Na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do bairro Oxford, a estrutura tem quase 30 metros quadrados. As imagens da Sagrada Famílias e dos reis Magos são em tamanho real. “Nós queríamos encontrar uma maneira de levar as pessoas para dentro da realidade do nascimento de Jesus”, conta o pároco, padre Fábio Bosco. Uma das imagens, por exemplo, mede 1,85m. Todas elas são em tamanho real, tendo a estatura de pessoas adultas.

Foto: Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Divulgação

A estrebaria está montada em frente à igreja e fica aberta para visitação todos os dias, entre 18 e 22 horas, até o dia 8 de janeiro. O visitante ainda encontra compondo o cenário um poço, uma carroça e uma fonte água que representa a água viva”. Que nasce para nos dar esse banho e nos transformar espiritualmente”, revela o sacerdote.

Foto: Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Divulgação

Todos os anos a paróquia busca inovar em datas celebrativas para atrair os fiéis e reforçar o verdadeiro sentido da fé. Para os cristãos católicos, Maria deu a luz ao menino Jesus em uma estrebaria e o Filho de Deus foi colocado em uma manjedoura. Maria e José pediram abrigo em vários lugares, mas não encontraram e àquele foi o local onde o menino Deus veio ao mundo. A Igreja Católica, vive desde o domingo (29), o tempo do Advento, são quatro semanas de preparação para o Natal.

Foto: Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Divulgação
Com informações da Assessoria de Imprensa da Diocese de Joinville.