Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma Igreja em saída e um novo olhar para a ação evangelizadora em Santa Catarina. Este é o principal propósito da realização da 52ª Assembleia de Pastoral do Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que terá como tema central as novas ‘Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja em Santa Catarina’. O evento que acontece em Lages (SC), nos próximos dias 23 e 24 de agosto, reunirá as principais lideranças da Igreja Católica no estado.

Durante a 52ª Assembleia, será estudada e atualizada a segunda versão de um texto mártir das Diretrizes que vem sendo preparado desde a última Assembleia, em agosto de 2018. O texto traz um rosto catarinense e parte das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovado em maio deste ano, durante a 57ª Geral da CNBB, em Aparecida (SP).

As novas Diretrizes irão nortear todo o trabalho evangelizador nas Dioceses, Paróquias e Comunidades Eclesiais de Base durante os próximos quatro anos (2020-2023). O pano de fundo do texto que está sendo construído é a evangelização no mundo urbano, entendo esse mundo com uma cultura que está no campo e na cidade. Também foi escolhida a parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37), como paradigma metodológico de todo o processo de construção.

Comunidades Eclesiais Missionárias – Assim como nas Diretrizes nacionais, as Diretrizes da Igreja em Santa Cantarina convidarão as Dioceses para uma reflexão mais aprofundada para a criação de pequenas comunidades eclesiais missionárias que serão baseadas a partir de quatro pilares:

A Palavra – que aprofunda a iniciação à vida cristã, a iniciação bíblica e a ideia de ter comunidades fundadas em torno da palavra;

O Pão – que aprofunda a liturgia e a busca por viver a espiritualidade rumo à santidade tal como defende o Papa Francisco em sua exortação Gaudete et Exsultate que personaliza a fé mas leva ao encontro do outro;

A Caridade – baseado no que disse Paulo VI na ONU: “Que a Igreja é especialista em humanidade”, o texto das diretrizes aponta a necessidade das comunidades se preocuparem com os que mais sofrem e a defesa da vida em todos os sentidos.

A Missão – a exemplo do que pede o Papa, o sentido da comunidade se realiza quando ela sai em missão e vai ao encontro das periferias existenciais.

A expectativa é que após a apresentação, revisão do texto e trabalhos de grupos, as novas Diretrizes sejam aprovadas ao final da 52ª Assembleia.

Programação – Além das novas Diretrizes, assuntos como o planejamento do cronograma e orçamento para 2020 e a 25ª Romaria da Terra e das Águas também serão discutidos durante o encontro.

Uma novidade durante a Assembleia será o lançamento de duas novas publicações do Regional Sul 4. A primeira são os ‘Regulamentos do Conselho Episcopal Regional e dos Organismos Subsidiários’, aprovados pelo Conselho Permanente da CNBB, em novembro de 2018, e a segunda é o livro ‘É tempo de celebrar a História da Igreja em Santa Catarina: CNBB Sul 4 – 50 Anos’, que faz um resgate da vida pastoral do Regional.

Cobertura – Durante a Assembleia você poderá acompanhar todas as notícias no site e redes sociais do Regional Sul 4. Fotos, entrevistas, e transmissões ao vivo para deixar você conectado com os principais momentos do evento.