Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Campanha da Fraternidade 2022 foi o tema de uma roda de conversa entre os bispos catarinenses e a diretoria de ensino da Secretaria de Educação do Estado Santa Catarina. O bate-papo aconteceu na quarta-feira, 09 de março, último dia da Assembleia Geral do Conselho Episcopal Regional da CNBB Sul 4.

O encontro teve como intuito a apresentação do ‘Novo Ensino Médio em Santa Catarina’ e os esforços da Secretaria de Estado da Educação para tornar possível um modelo de educação que se aproxima ao indicado pelo objetivo da Campanha da Fraternidade. Representando a pasta, estiveram presentes a diretora de ensino da Secretaria de Educação, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra; Adecir Pozzer, assessor da diretoria de ensino e o coordenador da educação profissional na diretoria de ensino, Luis Duarte Vieira.

“Neste ano, a Campanha da Fraternidade ajuda a sociedade a voltar o olhar para a temática da educação. E uma educação voltada para a sociedade. Desta forma, há muita semelhança entre o que discute a Campanha e o que a Secretaria tem por objetivo”, destacou a Maria Tereza.

Diretora de ensino da Secretaria de Educação, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

O Novo Ensino Médio

De acordo com informações da Secretaria de Educação, a partir da Lei nº 13.415/2017, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, desde fevereiro de 2022, 711 escolas em Santa Catarina já possui o Novo Ensino Médio, que inclui carga horária ampliada e currículo mais flexível. O novo modelo será implementado para os alunos da 1ª série do Ensino Médio de todas as escolas, além dos estudantes que estão nas 120 escolas-piloto, que iniciaram o Novo Ensino Médio em 2020.

Além da ampliação da carga horária mínima anual de 800 horas para 1.000 horas, o Novo Ensino Médio altera o modelo de estudo por disciplinas para áreas do conhecimento, ou seja, os conteúdos passarão a ser abordados de forma integrada e mais articulada. A flexibilização também inclui o trabalho com o Projeto de Vida, uma segunda Língua Estrangeira (além do Inglês), os Componentes Curriculares Eletivos e as Trilhas de Aprofundamento.

Currículo Base

Ao final do encontro, cada bispo recebeu um exemplar impresso do ‘Currículo Base do Ensino Médio em Solo Catarinense’. Você pode conferir o material no formato digital clicando aqui.

Adecir Pozzer, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra e Luis Duarte Vieira. Equipe da Secretaria de Estado da Educação presente do bate-papo. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.