Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma celebração eucarística realizada na manhã desta terça-feira, 8 de junho, na Casa Bom Samaritano, em Brasília (DF), deu início à Semana Nacional de Mobilização da segunda etapa da Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar”.  A Semana acontece de 8 a 12 de junho com a realização de ações solidárias nas dioceses, organismos e pastorais da Igreja no Brasil.

Na acolhida aos participantes, a diretora do Instituto Migrações e Direitos Humanos, irmã Rosita Milesi, uma das coordenadoras da Casa Bom Samaritano, ressaltou a importância da realização da ação num momento em que mais da metade da população brasileira encontra-se em situação de insegurança alimentar e nutricional.

A religiosa fez referência aos dados do Grupo de Pesquisa Alimento para a Justiça da Universidade Livre de Berlim, na Alemanha, que atestam que  mais da metade dos domicílios no país (59,4%) apresentaram algum grau de insegurança alimentar entre agosto e dezembro de 2020. Na prática, mais de 125,6 milhões de brasileiros não se alimentaram como deveriam ou já conviviam com a incerteza quanto o acesso à comida no futuro.

A missa, presidida pelo bispo-auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, contou com a participação de migrantes venezuelanos abrigados na Casa Bom Samaritano e representantes das organizações parceiras na realização da Semana de Mobilização (CNBB, Cáritas Brasileira, Conferência dos Religiosos do Brasil, Movimento de Educação de Base e a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil).

O padre Carlos Henrique, da paróquia São Pedro Apóstolo e do Vicariato da Ação Social da arquidiocese de Brasília, também participou da celebração que contou também com a presenças de padres, assessores e colaboradores da CNBB.

Eucaristia, fé e caridade


O secretário-geral da CNBB afirmou que celebração eucarística marca o início de uma nova fase da Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar”.  De acordo com dom Joel, a campanha volta o foco para o combate a fome, realidade que as comunidades estão vendo crescer no país. “Quando um filho de Deus sofre, o Senhor está sofrendo nesta pessoa”, disse.

Para o bispo-auxiliar do Rio de Janeiro, é necessário vencer três dificuldades para fazer a solidariedade acontecer nestes tempos de pandemia: o pecado (egoísmo), o cansaço e a descrença. O bispo defendeu ser necessário adorar a Deus também por meio da ação caritativa. Dom Joel convidou aos católicos a manterem-se firmes em seu compromisso de fé que precisa se traduzir em solidariedade e partilha.

O secretário-geral da CNBB reforçou o convite também a todos para participarem no próximo sábado, dia 12 de junho, do Dia de Cuidar, data na qual em várias comunidades católicas do país serão organizados no sistema “Drive Thru” pontos de coleta de alimentos. Para enfrentar as sequelas da pandemia, dom Joel disse ser necessário transformar o “eu” em “nós” e compartilhar as fragilidades e um pouco do que cada um tem em vista da construção de uma rede de solidariedade.

Secretário-geral da CNBB, dom Joel Amado, e representantes das organizações parceiras da ação “É Tempo de Cuidar”.  Fotos: Ascom CNBB

Semana Nacional de Mobilização “É Tempo de Cuidar”

A Semana Nacional de Mobilização acontece de 8 a 12 de junho com a realização de ações solidárias nas dioceses, organismos e pastorais da Igreja no Brasil. Celebrações, live e a organização, em diversos pontos do Brasil, de “drive thrus” (Pontos de entrega) são as ações a serem realizadas na semana. A doação de alimentos será estimulada como gesto concreto, para responder ao foco da segunda fase da ação solidária de combate à fome.

Live É Tempo de Cuidar, 8 de junho

As organizações parceiras realizam também nesta terça-feira, dia 8 de junho, às 19h, uma live sobre a Semana Nacional de Mobilização da Ação Emergencial Solidária ‘É Tempo de Cuidar”. A live, a ser animada pelo coordenador nacional da Pastoral da Comunicação, Marcus Tulius, buscará apresentar as razões da importância da realização de uma segunda etapa da Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar”.

O momento, a ser transmitido pelas redes sociais da CNBB e das organizações parceiras, contará com vídeos produzidos pelo cantor popular na Igreja no Brasil, Zé Vicente. Regionais da CNBB ajudarão a compor um painel com os “Sinais de Esperança”. O Centro-Oeste, por exemplo, apresentará a questão do alimento e a proteção à Covid-19, o Sudeste abordará o tema da população de rua e as periferias. O secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, apresentará os resultados da Ação Emergencial É Tempo de Cuidar em seu primeiro ano: 2020.

Dia de Cuidar, 12 de junho

Também serão apresentadas as orientações para o Dia de Cuidar, dia 12 de junho, quando serão realizados “drive thrus” para coleta de alimentos e o incentivo para que sejam procuradas as paróquias e dioceses brasileiras.

Em Brasília (DF), na paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa senhora das Mercês, será organizado um ponto de entrega de alimentos, de domingo a domingo, das 7h às 18h. É o caso também da Rádio Bom Jesus FM 98.1, da diocese de Bom Jesus da Lapa (BA), que fará, no dia 12 de junho, uma ação de “drive thru” em frente à sua sede. Na Bahia também, em Santa Maria da Vitória, será realizado dia 11 de junho, na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, doações das 9h às 18h, na Matriz Nossa Senhora das Vitórias.

Segundo a Cáritas Brasileira, organização que coordena a sistematização dos dados, desde o início da segunda fase, no dia 11 de abril, domingo da Misericórdia, a Ação já arrecadou 1 tonelada e meia de itens alimentícios, R$ 140.000,00, 252 mil alimentos para consumo (marmitas), 117 mil kits de higiene pessoal, 115 mil equipamentos de proteção individual e 53 mil unidades de roupas e calçados. A atualização dos números pode ser acompanhada aqui na Plataforma de registro das ações.

Programação da Semana de Mobilização


8 de Junho – Abertura

9h – Santa Missa na Casa Bom Samaritano – Brasília (DF), presidida pelo secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado
Geração de Sinal: Rede Vida e transmissão pelas TVs de inspiração católica do Brasil
19h00 – Live nas redes sociais das entidades parceiras

12 junho – Dia de Cuidar – dia especial de doações em todo o país

6h45 – Santa Missa no Santuário Bom Jesus da Lapa (BA), presidida pelo bispo dom João Santos Cardoso
Ações locais de arrecadação em drive thrus organizado por comunidades e paróquias católicas
Geração de sinal: TV Aparecida e retransmitido pelas tvs de inspiração católica.

Acompanhe a Santa Missa no Santuário Bom Jesus da Lapa aqui.

Por CNBB.