Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Iniciou na noite desta quarta-feira, 09 de maio, a primeira reunião do Fórum Regional das Pastorais Sociais do Regional Sul da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em 2018. O evento, que acontece no Centro de Formação Católica de Lages (SC), reuni representantes das pastorais sociais das 10 dioceses do estado de Santa Catarina.

Oração do Oficio Divino das Comunidades. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4

A reunião, que acontece até amanhã (10), é um espaço de partilha e comunhão entre as Pastorais Sociais com atuação no estado de Santa Catarina e também de organização e avaliação das atividades em comum em nível Regional. O evento foi iniciado com a oração do Ofício Divino das Comunidades, seguido pela apresentação dos participantes e avaliação do Seminário Regional das Pastorais Sociais, realizado em março, também em Lages (SC).

Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4

A apresentação da caminhada de atividades como o ‘Projeto Rios’; a articulação dos trabalhos no Regional com as Pastorais Indigenista, Migrante e AIDS; o julgamento popular de Marcelino Chiarello; o Fórum de Mudanças Climáticas e a realização da Audiência Pública em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina estão presentes na programação. Na parte da manhã de amanhã (09) a temática da 24ª ediçao do Grito dos Excluídos também será aprofundada pelos participantes no evento.

Também estão presentes no Fórum, o bispo de Joaçaba (SC) e referencial para o Fórum Regional das Pastorais Sociais do Regional Sul 4, dom Mário Marquez e o bispo de Lages e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Social Transformadora da CNBB, dom Guilherme Antônio Werlang.