O Grupo de Assessores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) esteve reunido na manhã desta sexta-feira, 21. Destaque do encontro, foi aprofundado o trabalho da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB.

Essa partilha do trabalho da Comissão Episcopal faz parte de uma série de momentos propostos pela Subsecretaria de Pastoral da CNBB para promover maior conhecimento dos objetivos e atividades de cada uma das doze comissões permanentes. Durante os encontros do Grupo de Assessores, serão apresentados os objetivos, as atividades formativas, os eventos e a articulação no âmbito de atuação pastoral.

“Assim todos os assessores e assessoras poderão conhecer melhor o trabalho da comissão e, ao mesmo tempo, a comissão faz propostas. Existe assim uma interação, um diálogo, reações e uma maior compreensão do trabalho realizado por aquela comissão que apresenta os seus objetivos e todo o seu trabalho”, explicou o subsecretário adjunto de Pastoral da CNBB, padre Jânison de Sá Santos.

Comissão para a Comunicação

Na reunião do GA desta sexta-feira, o trabalho foi apresentado pelos assessores da Comissão Episcopal para a Comunicação, Osnilda Lima e padre Thiago Sibula. Eles expuseram o plano quadrienal da Comissão e as ações que vem realizando no âmbito do acompanhamento pastoral dos diversos grupos de comunicação existentes na Igreja no Brasil.

O espaço também é de propostas. Osnilda conta que ela e padre Thiago buscaram fazer “um caminho de entendimento da comunicação enquanto cultura nesse processo construtivo inter-comissões da CNBB”.

“Apresentamos as nossas ações, mas também abrimos para o diálogo com os colegas assessores para ver como a gente constrói um processo conjunto de entendimento da comunicação, do fazer e do ser comunicacional enquanto processo, enquanto cultura”, partilhou.

Grupo de Assessores - junho 2024

Nesse processo, está em reflexão um diálogo com a Assessoria de Comunicação da Conferência dos Bispos, responsável pela comunicação institucional. “Entendemos que é um caminho que está interligado entre comissões e entre assessoria institucional. E a partir daí nós vamos construir um caminho conjunto de proposições e sugestões para articular e fortalecer, ainda mais, a comunicação enquanto ação pastoral e enquanto também comunicação institucional”, explicou Osnilda.

 

Marca de um ano e despedida

Ao final do encontro, a missa, celebrada na capela Nossa Senhora Aparecida, na sede da CNBB, marcou a conclusão do primeiro ano de trabalho de alguns dos assessores, que chegaram à CNBB em junho de 2023 para dar início às atividades de assessoria das Comissões no quadriênio.

A celebração, presidida pelo padre Patriky Samuel Batista, foi a última dele em um encontro do Grupo de Assessores antes do retorno para a diocese de Luz (MG).

 

Grupo de Assessores - junho 2024