Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB se reuniu no dia 7, em Brasília, para refletir sobre a identidade e missão da sua coordenação jovem. Em pauta, Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE), Jornada Mundial da Juventude e Campanha da fraternidade 2013, Dia Nacional da Juventude (DNJ).

A reunião teve a participação do presidente da Comissão, dom Eduardo Pinheiro, e dos assessores, os padres Carlos Sávio e Antonio Ramos do Prado.

– A conclusão que podemos fazer a partir desta primeira reunião é de que realmente estamos em um Kairós para a juventude na Igreja do Brasil, pois as diferenças que existem entre cada expressão, em momento algum foram barreiras para a unidade, muito pelo contrário, elas foram a riqueza da fraternidade ali vivenciada -, sublinhou um dos participantes, Francisco Antonio Crisóstomo de Oliveira.

Segundo Felix Siriani, da Articulação da Juventude Salesiana, “a reunião significou um amadurecimento no trabalho para e com a juventude”. Além das reflexões feitas pela coordenação, muito trabalho conjunto vem pela frente. Representações destes jovens em organismos como Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), Conselho Pontifício para Leigos, participação de reflexões em subsídios para juventude, fazem parte do agir da coordenação.