Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Dom Severino Clasen pediu que leigos e leiga sigam contribuindo como texto ao longo de 2015 (Foto: CNBB/Divulgação)

O episcopado do Brasil, reunido na 53ª Assembleia Geral da CNBB, reelegeu o bispo de Caçador (SC), dom Severino Clasen, nesta terça-feira, 21, como presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato. Dom Severino recebeu 159 dos 285 votos válidos.

— Aceitei com alegria a confiança dos bispos para coordenar a comissão do laicato no Brasil. A surpresa do resultado chegou no primeiro escrutínio. Agora daremos prosseguimento ao trabalho na formação e organizações do laicato nos regionais e dioceses do Brasil. Conto com a paciência do clero e povo da Diocese de Caçador, porque assumindo esse serviço me ausentando tantas vezes. Deus está conosco e juntos ajudemos a despertar alegria e sentido aos cristãos leigos na Igreja e na sociedade —, destacou dom Clasen.

O bispo de Caçador é natural de Petrolândia (SC). Foi ordenado presbítero em 1982. É pós-graduado em administração para a Organização do Terceiro Setor, pela Fundação Getúlio Vargas.

Em 2005, foi nomeado bispo de Araçuaí (MG). Foi transferido para a diocese de Caçador em 2011. Seu lema é “Acolher e cuidar”.

Desde 2011, dom Severino Clasen está na Comissão para o Laicato, que tem como missão “fomentar o acompanhamento, o engajamento e a animação dos cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade”.

Na última Assembleia dos Bispos, realizada em 2014, foi aprovado o texto de Estudo 107, “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da terra, luz do mundo”.