Secretaria-executiva do Regional Sul 4 da CNBB possui setor especializado no cuidado com documentos históricos da Igreja em Santa Catarina

Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

Desde o início de 2018, a secretaria-executiva do Regional Sul 4 da CNBB conta com um Centro de Documentação e Informação (CDI) para viabilizar o arquivamento e proteção dos documentos e dados que contam os mais de 50 anos da organização pastoral do episcopado catarinense. É a primeira vez que todas as informações do regional estão passando por um processo de catalogação e organização setorial.

A ideia da criação do CDI surgiu da necessidade de readequar a estrutura da sede do Regional Sul 4 da CNBB, localizada no bairro Pantanal, na capital Florianópolis. Com a aprovação da presidência da instituição, na época comandada por dom João Francisco Salm, bispo de Tubarão, foi liberada a contratação de uma pessoa que pudesse ajudar na organização deste projeto.  

Inês Jalcira de Souza Nascimento, graduada em biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina, está à frente do CDI desde 2018. De acordo com a própria colaboradora, o grande objetivo do CDI é organizar e dar o tratamento adequado à massa documental da instituição. “Quando começamos este trabalho, grande parte dos arquivos estavam armazenados de forma inadequada. Muitos documentos estavam colocados à revelia por causa de reformas que o prédio veio sofrendo ao passar dos anos”, contou.

Inês Nascimento é colabora da secretaria-executiva da CNBB Sul 4 desde 2018. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

“A primeira atividade realizada pelo CDI foi a construção de um projeto de ação para a localização dos arquivos que estavam espalhados por várias salas do prédio. Também entramos em contato com a sede da CNBB em Brasília (DF), onde fiz uma visita, para adequar a nossa metodologia de armazenamento de acordo com o CDI da CNBB Nacional”, continuou Inês.

Após localizar todos os arquivos, inclusive de grandes articulações pastorais que não mais existem na atualidade da ação evangelizadora catarinense e de todo o sistema administrativo e financeiro, foi a vez de iniciar a seleção dos materiais de acordo com as Comissões Pastorais e o descarte de arquivos em duplicidade. Também é realizado todo o processo de higienização e pré-classificação dos arquivos que depois passarão por uma nova examinação por membros da secretaria-executiva e das comissões pastorais,  para confirmação da necessidade de arquivá-los.  

Estantes e caixas de arquivos adquiridas para a nova sala onde hoje está instalado o CDI. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

Para facilitar o trabalho, foram adquiridos para o CDI novas estantes, caixas de arquivos e materiais para higienização. Para atender as normas de arquivamento, a sala onde hoje está instalado o CDI é totalmente climatizada e frequentemente higienizada para evitar poeira, mofo ou outros fungos que possam danificar os arquivos.

O CDI atualmente continua no processo de pré-classificação e higienização dos arquivos. Em breve, será iniciado o processo de registro de todos os documentos e informações em um sistema desenvolvido pelo CDI da CNBB em Brasília.

Processo de higienização de documentos históricos da CNBB Sul 4. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

Segundo a colaboradora Inês, já é possível ter acesso aos arquivos para quem deseja realizar algum tipo de pesquisa. A pesquisa precisa ser interna, sem a possibilidade de retirada do arquivo das dependências da sede do Regional. Por conta da pandemia do Covid-19, a secretaria-executiva não está realizando atendimento ao público, mas o CDI pode ser contatado através do e-mail [email protected]

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹mar 2021› » 

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This