Igreja Solidária: boas iniciativas na Arquidiocese de Florianópolis

Na quarta reportagem da série ‘Igreja Solidária: boas iniciativas da Igreja em Santa Catarina’, vamos conhecer ações emergenciais realizadas pelas paróquias e pastorais da Arquidiocese de Florianópolis. Neste tempo de pandemia do novo coronavírus, ser solidário é uma atitude humana e emergencial. Quem nos conta estas boas notícias é a jornalista da assessoria de comunicação da Arquidiocese, Giovanna Dutra Meyer. Confira:

Foto: Pascom Paróquia São João Bosco.

“Anjos da Rua” deixam o isolamento social para ajudar quem mais precisa – Os integrantes do movimento “Anjos da Rua”, da Paróquia São João Bosco, da cidade de Itajaí, na Arquidiocese de Florianópolis, tem gravado em seus corações a frase dita por Dom Bosco “O Senhor colocou-nos no mundo para os outros”. Eles a usam como motivação para dar continuidade aos ações solidárias em meio a pandemia em que o mundo está vivendo. Enquanto muitos estão em isolamento social eles escolheram estar nas ruas para ajudar aqueles que estão estado de vulnerabilidade social.

“Apesar do isolamento social, não podemos perder a essência da fé e a evangelização à vida Cristã. Gestos de caridade demonstram o quanto o cristão está aberto a fazer o bem, independente do momento em que estamos vivendo”, destaca o Pároco da Paróquia São João Bosco, Padre Enri Clemente, SDB.

Foto: Pascom Paróquia São João Bosco.

As ações de arrecadação de alimentos e produção de marmitas já era uma realidade na paróquia há muitos anos. O movimento tinha como objetivo ajudar pessoas em situação de rua da cidade, porém com o enfrentamento à pandemia as ações se expandiram e atuação agora também está atingindo famílias que perderam renda e não possuem condições mínimas para o seu sustento.

Foto: Pascom Paróquia São João Bosco

Segundo Dona Rosilene, beneficiada pelas ações do movimento, a ajuda que é recebida é de grande valia, pois somente assim sua família terá o que comer. Ela acrescenta “com o dinheiro que irei economizar na compra dos alimentos posso comprar outros itens que são necessários para minha sobrevivência, como os medicamentos que preciso usar todo dia”.

Semanalmente são distribuídas cerca de 200 cestas básicas para as famílias que vivem em torno de Igreja Matriz, no bairro Nossa Senhora das Graças.

“Estive preso e viestes me ver” Mt 25, 36

Parceira produz máscaras pra detentos de Florianópolis – Em parceria com a Cooperativa de Senhoras da Vila União, Ação Social da Arquidiocese (ASA) e Projeto Estampa Livre, está sendo produzido 600 máscaras de proteção para os detentos do Presídio Masculino de Florianópolis. Cerca de 300 máscaras já foram entregues na primeira semana de maio e o restante serão entregues ainda na primeira quinzena deste mês.

Foto: Ação Social Arquidiocesana (ASA).

O coordenador do Projeto Estampa Livre, Segundo Newton Almeida, comenta que o número de máscaras que estão sendo produzidas é suficiente para atender todo o presídio masculino. Cada detento deve receber 2 máscaras para uso pessoal. Newton ainda destaca que haverá unidades para a reposição quando necessário, pois a rotatividade é grande.

Foto: Ação Social Arquidiocesana (ASA)

A Estampa livre, é um projeto de inclusão social ligado a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Florianópolis. Nele são desenvolvidas oficinas de confecção e serigrafia voltado para os detentos do presídio masculino da capital.

Por Giovanna Dutra Meyer, Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Florianópolis.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹jul 2020› » 

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This