Pastoral da DST/Aids, Romaria da Terra e Políticas Públicas na agenda das pastorais sociais, até 2019

Fórum das Pastorais Sociais de Santa Catarina revisou Plano Regional de Pastoral para organizar as atividades da urgência que trata de questões sociais
A equipe de articulação, formada por Aline Justino (esq.), padre Almir Ramos, Maristela Oliveira e Carla Guimarães, é apresentada ao Fórum das Pastorais Sociais (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/Agência Sul 4)
A equipe de articulação, formada por Aline Justino (esq.), padre Almir Ramos, Maristela Oliveira e Carla Guimarães, é apresentada ao Fórum das Pastorais Sociais (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/Agência Sul 4)

O estímulo para a instalação da Pastoral dos Pescadores no litoral de Santa Catarina e de casas para acolhida e recepção de imigrantes estão entre as propostas reafirmadas pelo Fórum Regional das Pastorais Sociais, realizado hoje, 01, em Lages, SC. As indicações detalham a 5ª Urgência do Plano Regional de Pastoral (2016-2019) — Igreja a serviço da vida plena para todos — na agenda para os próximos anos.

A sistematização das propostas, que ainda será divulgada pela secretaria do Fórum, incluiu ajustes em atividades como a capacitação de conselheiros participantes de conselhos de direitos, que será incluída no seminário anual das Pastorais Sociais em 2017.

Enquanto Santa Catarina ocupa o terceiro lugar no ranking nacional em mortalidade em função da Aids, de acordo com a Secretária de Estado da Saúde, o Regional Sul 4 é o único da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que não possuiu a Pastoral de DST/Aids.

Para facilitar a articulação desta pastoral, o coordenador estadual da Pastoral Carcerária (PCr), padre Almir José Ramos, pediu que as dioceses enviassem dois representantes ao seminário que ocorrerá de 19 a 21 de maio de 2017, em Palhoça, em parceria entre as duas pastorais.

Na orientação do padre, devem ter prioridade interessados que não estejam vinculados a outra organização da Igreja, tenham formação na área da saúde e disponibilidade para capacitação, já que o trabalho envolve testes através da saliva, prevenção e combate ao preconceito.

No seminário nacional, agentes Pastoral PCr e da DST/Aids discutirão uma iniciativa em conjunto para prevenção da doença em unidades de privação de liberdade. Porém, presos não serão o foco dos futuros agentes da nova pastoral, em SC. O campo de trabalho inclui jovens, idosos e mulheres casadas, vítimas frequentes da doença, que se que transmite principalmente pelo contato sexual e drogas injetáveis.

As Pastorais Sociais também estão envolvidas na organização da próxima Romaria da Terra e da Água, em setembro de 2017, em Pescaria Brava, próximo de Tubarão. O tema acompanhará o Campanha da Fraternidade 2017, sobre os biomas brasileiros. Na coordenação estão a Comissão Pastoral da Terra, Pastoral da Juventude (PJ), a Conferência dos Religiosos do Brasil/SC e Pastoral dos Caboclos.

— É muito importante que a gente faça a divulgação e animação em nossas pastorais e dioceses porque vai ser uma ótima experiência discutir os biomas em uma região afetada pelo carvão —, destacou secretária regional da PJ, Maristela Oliveira. No município vizinho, Capivari de Baixo, funciona uma termoelétrica, mais ao sul, a economia de Criciúma é marcada pela extração deste mineral.

Na primeira reunião, realizada na Diocese de Tubarão, com a equipe local, o grupo definiu que a encíclica Laudato si’ também será uma inspiração para a romaria.

Novo grupo

Padre Almir, Maristela, Aline Justino, da Cáritas, Carla Guimarães, Comunidades Eclesiais de Base, formam a nova equipe de articulação das Pastorais Sociais, encarregada de encaminhar as demandas operacionais do Fórum das Pastorais Sociais, apoiados pelo secretário executivo do Regional Sul 4 da CNBB, padre Luciano dos Santos. Já em atividade, a equipe preparou e coordenou esta edição do fórum.

Misericórdia

Em referência ao Ano Santo da Misericórdia (até 20 de novembro), o bispo referencial das Pastorais Sociais, dom Mário Marquez, de Joaçaba, pediu que os agentes sejam misericordiosos na ação pastoral, “no olhar e no agir”. Nesse olhar, disse ele, “deve estar a nossa espiritualidade, o amor com o qual prestamos nosso serviço na pastoral social. Esse é o jeito de Jesus: ir ao encontro dos seres humanos em situação de fragilidade.”

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This