Todas as dioceses catarinenses oferecem opções de formação para leigos

Dioceses de Santa Catarina apresentaram experiência no II Encontro da Regional Sul sobre formação para o laicato (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/CNBB Sul 4)
Dioceses de Santa Catarina apresentaram experiências no II Encontro da Regional Sul sobre formação para o laicato (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/CNBB Sul 4)
Os participantes do encontro, também discutiram o texto de Estudo 107 da CNBB, Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade

Todas as dioceses de Santa Catarina possuem cursos ou escolas para os leigos, segundo o secretário executivo do Regional Sul 4 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Ademir Freitas. O levantamento foi feito para o II Encontro da Região Sul com os Responsáveis pela Formação para o Laicato e Cursos de Teologia para Leigos e Leigas, em Florianópolis (SC), 27 a 29 de março.

— Todas as dioceses possuem formação, mas não há uma homogeneidade. Há cursos de fé e política, escolas de teologia popular e outras modalidades. Há dioceses com cursos apenas paroquiais —, explicou Freitas.

No encontro, representantes de Chapecó, Caçador, Criciúma, Rio do Sul, Joinville, Tubarão, Criciúma, Florianópolis e Blumenau levaram experiências locais para uma partilha.

Em Caçador, os cursos e escolas passaram a ser oferecidos apenas em âmbito paroquial. que seguem um conteúdo mínimo comum, adaptado às realidades localizadas e reúnem até 100 alunos em cada turma. A reformulação aconteceu na última assembleia, na qual a diocese deixou de trabalhar por prioridades e optou por definir-se como diocese formadora e missionária.

Criciúma oferece quatro cursos em âmbito diocesano, Escola de Teologia para Leigos, com dois núcleos, Escola Diocesana de Catequese, Escola Diocesana de Evangelização da Juventude e um curso para ministros. Cerca de 480 leigos estão frequentando ao menos uma das oportunidades. A formação é gratuita

Em Rio do Sul, com mais de 20 anos de existência, e seis turmas descentralizadas, o curso de Teologia para Leigos soma 350 alunos, de todas as paróquias, que o frequentam por 4 anos. Em cada etapa o curso aborda uma urgência das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Em 2015, a urgência “vida plena”, inclui temas como a Doutrina Social da Igreja e as Pastorais Sociais. O curso de formação de lideranças tem a duração de 2 anos, com um nível básico e outro avançado.

A Diocese de Joinville oferece a maior variedade entre as dioceses catarinenses que participam do encontro sobre a formação do Laicato. As 10 opções de aprendizado são a Escola Bíblica, Escola de Dança Sacra, Escola Diocesana de Espiritualidade e Formação Integral, Escola Diocesana de Liturgia, Escola de Lideranças Juvenis, Escola Ministerial Diocesana, Seminário sobre Ecumenismo, Escola de Saúde, Curso de Teologia e a Escola Diocesana de Comunicação, a mais antiga em atividade, com 15 anos.

A Escola Formação Fé e Política, com ênfase na Doutrina Social da Igreja, da Diocese de Tubarão e da Cáritas Diocesana é uma das opções de formação para os leigos na diocese. Os 50 participantes recebem um certificado de extensão universitária da Fundação Universitária de Capivari de Baixo depois de dois anos de estudos divididos em 4 etapas. A primeira turma foi aberta em 2011 já se formou. A Escola de Teologia para Leigos é outra iniciativa local.

O Curso Teológico Pastoral de Leigos/as em Chapecó, já formou mais de 2000 lideranças desde sua criação em 1991. Há turmas em todas as 4 regiões pastorais. Relações Humanas e Psicologia Pastoral, Espiritualidade, Prática Pastoral e Metodologia de Educação Popular e Cristologia são algumas das disciplinas oferecidas ao longo de 300 horas, em 20 etapas.

Na Arquidiocese de Florianópolis, o curso Iniciação a Vida Cristã oferece uma metodologia inovadora através de cartas, baseadas em 6 eixos visando o catecumenato. A leitura orante em cada uma são vivenciados em duplas, um iniciante e um acompanhante. A quantidade de cartas varia em cada eixo, encerrado sempre com uma celebração e acompanhado por um relatório da vivencia. Cada catequista recebe um bloco com as cartas no início das etapas.

A Escola de Teologia São Paulo Apóstolo, em Blumenau, é oferecida na forma de extensão universitária com a Facasc (Faculdade Católica de Santa Catarina), para a formação de lideranças. Teologia, Bíblia, Canto e Música Litúrgica e história da Igreja são algumas disciplinas oferecidas. Uma turma será iniciada no segundo semestre, com carga horária de 80 horas.

Os participantes do encontro também discutiram o texto de Estudo 107 da CNBB, “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”, sobre o papel de homens e mulheres que ajudam na construção do Reino de Deus. Emendas foram apresentadas para a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, representada por dom Severino Clasen, seu presidente e o assessor do setor Leigos, Geraldo Aguiar.

O professor da Facasc, Celso Loraschi, apresentou uma reflexão sobre os desafios, perspectivas e proposta de indicativos para a formação dos leigos. Para ele, o futuro da Igreja está no protagonismo dos leigos e das leigas que tenham uma “formação da consciência nova” a partir de Jesus Cristo.

Uma estratégia sugerida por ele, é a criação de equipes de “ministério de formação permanente”, às quais caberia uma formação continuada aos leigos de acordo com a teologia de Jesus, que “inclui, motiva e devolve a capacidade de pensar e de agir”.

Também participam do encontro, bispos referenciais para os leigos dos regionais e dirigentes dos Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) em âmbito regional.  A região Sul compreende as dioceses dos regionais Sul 2, Sul 3 e Sul 4 da CNBB.

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This