4ª Missão Jovem de Santa Catarina supera expectativas

Para o bispo da Diocese de Caçador, Dom Severino Clasen, a presença dos jovens veio para trazer entusiasmo às comunidades de Caçador
Visitas às casas foi o ponto central da ação missionária (Foto: PJ/Divulgação)
Visitas em 6 mil casas foi o ponto central da ação missionária (Foto: PJ/Divulgação)

Durante quatro dias cerca de 500 jovens de todo Estado participaram da 4ª edição da Missão Jovem da Pastoral da Juventude em Santa Catarina. A experiência missionária foi realizada na Paróquia São Francisco de Assis, na cidade de Caçador, de 19 a 22 de junho de 2014. As visitas foram realizadas nas 16 comunidades da paróquia, totalizando cerca de 6 mil famílias e estabelecimentos visitados.

Além disso, os missionários conviveram com realidades bem distintas: do meio urbano e comercial aos Assentamentos de reforma agrária do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), nas Linhas Aparecida e São Roque.

Com o objetivo de “Tecer relações mais fraternas, justas, solidárias e igualitárias”, esta missão superou todas as expectativas. Dos ansiosos pela primeira missão, como Débora Adriano, de São Carlos, que “mal conseguia dormir a noite”, aos que já participam da terceira Missão Regional.

Priscilla Cantoni, 24 anos, da cidade de Xanxerê, foi líder missionária na comunidade São Francisco de Assis, no Centro, e, segundo ela, o maior desafio dos missionários foi a visita aos prédios “ali a gurizada não foi tão aceita devido à violência na cidade”, mas em alguns casos a visita já era esperada e os moradores nem saíram de casa aguardando os missionários.

Para o bispo da Diocese de Caçador, Dom Severino Clasen, a presença dos jovens veio para trazer entusiasmo às comunidades de Caçador “jovem é igual a alegria, esperança” e é isso que ele pediu nas visitas. Em suas falas o bispo ainda ressaltou a necessidade “do rosto da juventude, que olha para frente e segue”, tanto no convívio social, quanto religioso.

O Secretário da Pastoral da Juventude em Santa Catarina, Uilian Dalpiaz, fez questão de visitar as 16 comunidades em missão. Para ele, além do número expressivo de jovens, esta experiência missionária foi especial, pois “pude ver a alegria estampada no rosto de quem fez e de quem acolheu a missão”, declara.

— A missão continua nas comunidades fortalecidas, nos novos grupos de jovens, com a galera se envolvendo nas pastorais em conjunto, nos jovens que retornam para ajudar seus grupos e processos nas dioceses do estado. Precisamos de uma Igreja do encontro e da acolhida e a Missão veio trazer essa felicidade evangélica” — analisou.

Daiane Servo/Pastoral da Juventude

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This