Pastoral da Pessoa Idosa reúne dioceses para oficina de atualização

Marinês Schmidt é a nova coordenadora da pastoral na arquidiocese de Florianópolis, ela exercia o cargo de coordenadora paroquial em Garopaba
Pastoral da Pessoa Idosa atualiza agentes para o trabalho local (Foto: Assessoria PPI/Divulgação)

Pastoral da Pessoa Idosa atualiza agentes para o trabalho local (Foto: Assessoria PPI/Divulgação)

A coordenação estadual da Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) reuniu líderes e coordenadores das dioceses de Rio do Sul, Caçador, Lages e Florianópolis para a Oficina de Atualização dos Instrumentos Básicos da PPI. O encontro foi realizado na Casa de Retiros Vila Fátima, na capital catarinense, entre os dias 22 e 24 de agosto. O grupo, de aproximadamente 40 pessoas, teve a oportunidade de rever e de se atualizar quanto à metodologia e rotina da pastoral.

— Tivemos momentos de interação física e espiritual, comungando da palavra do Senhor, dos ensinamentos das mais experientes e do otimismo e das esperanças comuns.  Com o passar dos anos, diante de novo contexto social, a metodologia, as rotinas e a disciplina da PPI precisam ser gradativamente alteradas, atualizadas às novas conjunturas. Isso demandando treinamento especializado aos líderes e coordenadores que disseminam essas mudanças, principalmente em relação aos indicadores socioambientais que envolvem os idosos acompanhados, o registro desses indicadores, o fluxo de coleta desses dados, dentre outros”, explicou a coordenadora estadual da PPI em Santa Catarina, Osvaldina Zucco Weber.
De acordo com Osvaldina, o encontro permitiu visualizar “algo muito mais importante e profundo: o encontro com Deus,  com colegas, os sofrimentos e dificuldades, as alegrias e conquistas. A partilha que esse encontro físico possibilita elevar o ânimo geral, energiza os corações, contagia, atualiza e fortifica o movimento. A espiritualidade e a solidariedade são os instrumentos mais importantes da PPI”.
No último dia da oficina, foi realizada a votação para a escolha da nova coordenadora arquidiocesana da Arquidiocese de Florianópolis. A eleita foi Marinês Schmidt, que sucede Carmen Mary Souto. Marinês sempre se dedicou às causas sociais. Iniciou na PPI como líder e, antes da eleição, exercia o cargo de coordenadora paroquial na Paróquia São Joaquim de Garopaba.
— Por trás do ar humilde e tímido de Marinês há uma pessoa muito ativa, dedicada e convincente. Foi dessa forma que ela conseguiu levar a PPI para todas as comunidades de Garopaba. Ela é muito querida e respeitada pelos voluntários. Contará com todo o nosso apoio para o cumprimento desta importante missão, para contribuir com o crescimento da pastoral no Estado e para dar continuidade ao brilhante trabalho desenvolvido pela Carmen, que deixou uma marca de muito entusiasmo, dedicação e amor pelo que faz —, avalia Osvaldina.
Camilla Baptista Mallon Geiger

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This