Visitas às comarcas e Bote Fé regional movimentam símbolos da JMJ em Florianópolis

Peregrinação começou por Santo Amaro da Imperatriz e seguiu até Campinas onde foi realizada uma missa

Procissão reuniu fiéis de 10 comarcas pastorais de São José (Foto: Marcelo Luiz Zapelini/CNBB Sul 4)

A Comarca de Santo Amaro da Imperatriz foi a primeira a receber os símbolos da JMJ na Arquidiocese de Florianópolis, às 16h do dia 10 de janeiro, quinta-feira. A atividade realizada foi o Bote Fé comarcal, em frente ao Santuário em Angelina e encerrou as 20h30 com uma via-sacra até a gruta no topo de um morro atrás da Igreja.

Uma banda de Palhoça fez um show musical. Um grupo de jovens de Leoberto Leal apresentou uma dramatização em que Jesus Cristo inspira uma jovem a sair da inércia e outra a recuperar-se de vícios e dificuldades.

Antes disso, Dom Wilson Tadeu Jönck foi convidado a falar no palco montado na entrada do Santuário. O arcebispo pediu aos jovens que não deixem passar em branco a oportunidade de assumir o Evangelho diante da Cruz afim de que “transformem a sociedade e a própria Igreja”.

A adoração à Cruz Peregrina, e aos Ícones de Nossa Senhora e da Beata Albertina também aconteceu. Cerca de 300 pessoas subiram as escadas da porta da Igreja para alcançarem os símbolos. Muitas desceram emocionadas, entre elas Daiane Schmitz, 24, moradora de Águas Mornas, publicitária por formação e lavradora por opção.

—É emocionante porque estes símbolos tem sua marca na história com a juventude. Ver e tocar a cruz é muito bom. É uma sensação inexplicável — contou.

Por fim, velas foram distribuídas no acesso ao caminho que leva a Gruta de Angelina para ornamentar a via-sacra. O destino seguinte foi a Igreja no Kobrasol, em São José. Da mesma forma como aconteceu em Angelina, os símbolos foram recebidos com fogos de artifício e música. A programação havia começado uma hora e meia hora antes, com apresentações musicais.

Na sequência, uma procissão levou os símbolos até a Igreja ao bairro vizinho de Campinas, onde foi realizada uma missa com os padres e o povo das dez paróquias que compõe a comarca de São José. Cerca de 800 pessoas participaram.

Vigílias a cargo das paróquias foram organizadas até às 8h da manhã. Neste ponto, acontece uma celebração de envio para a comarca de Biguaçu. No mesmo dia, a peregrinação continua em Itajaí, que tem atividades marcadas no Parque da Marejada.

O destaque da visita dos símbolos é a realização do Bote Fé Floripa, no qual se espera a presença de público das 10 dioceses catarinenses, já que o evento tem status regional. O local marcado é o Centro Multiuso em São José, a partir das 18h.

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This