Nova Congregação Religiosa atua na Arquidiocese de Florianópolis

Elas substituem as Irmãs do Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada

Três religiosas do  Instituto das Irmãs de Nossa Senhora do Bom Conselho estão encarregadas dos cuidados da residência episcopal, onde mora o Arcebispo e outros três padres. Elas substituem as Irmãs do Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, que cumpriram a função durante 20 anos.

Geisa Campos dos Santos, 27 anos já trabalhou na Arquidiocese do Rio de Janeiro no Palácio São Joaquim, quando o arcebispo dom Wilson Tadeu Jönck era bispo auxiliar. Geralda Eduardo da Cruz, 31 anos trabalhou na casa de encontros e seminário em Natal, RN, e no Seminário da  Diocese de Petropólis, no Rio de Janeiro. Neilyane Alves Pinto, 29 anos pasosu pelas residências episcopais da mesma diocese e em Campina Grande, PB.

Criada em 1963,  a congregação tem como carisma “consagrar-se pela Igreja, imolando-se pela santificação dos Sacerdotes”. Os cuidados espirituais são responsabilidade dos padres Jesuítas.

 

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This