Pastoral Familiar realiza encontro de formação em Governador Celso Ramos

Ao todo foram 22 horas de reuniões, palestras e apresentações que abordaram temas atuais

Agentes da Pastoral Familiar discutiram temas emergentes para a familía cristã (Foto: Pastoral Familiar/Divulgação)

Integrantes da Pastoral Familiar do Regional Sul 4, se reuniram nos dias 2,3,4 de março,  em  Governador Celso Ramos, Arquidiocese de Florianópolis – SC.   O evento contou com a presença do bispo referencial da Pastoral Familiar do Regional, dom Frei Severino Clasen e o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família da CNBB, padre Wladimir Porreca, assessor Regional da Pastoral Familiar , padre Dorli Gonzaga Ribeiro, e do casal coordenador, Volnei e Marivone Exterkoetter.

Participaram deste encontro 60 agentes da Pastoral Familiar, que vieram de 40 cidades, localizadas sete dioceses caterinenses. Ao todo foram 22 horas de reuniões, palestras e apresentações que abordaram temas atuais e relevantes para todas as famílias cristãs.

O encontro aconteceu Centro de Evangelização Angelino Rosa (Cear), onde foram realizados os debates, palestras e todas as refeições. Durante o evento, os agentes de pastoral puderam atualizar as diversas realidades da Pastoral Familiar de Santa Catarina com dinâmicas e trabalhos em grupo.

Durante o encontro, as lideranças conheceram com detalhes o Plano Regional da Pastoral Familiar para 2012, apresentado pelo formador da Comissão Regional de Pastoral Familiar do Regional Sul 4, Felipe Neri Tavares.  Ele expôs os novos dados estatísticos da pastoral nas 10 dioceses e revelou o plano de ação aos agentes.

– A clareza com que Felipe nos apontou os objetivos, metas e tarefas, nos ajudará a traçar um caminho bem definido para a Pastoral Familiar em Santa Catarina nos próximos anos -, afirmou Jacinta Wiggers, de Ituporanga, Diocese de Rio do Sul.

Nos intervalos das palestras, os agentes anotaram as “luzes” e “sombras” (sucessos e problemas) dos setores pré-matrimônio, pós-matrimônio e casos especiais nas paróquias. A ausência de representantes de três dioceses foi lamentada pelos participantes e organizadores.

O bispo referencial da Família em SC, dom Clasen, elogiou os trabalhos e as apresentações e enfatizou que cada agente deve olhar a Pastoral Familiar com mais esperança e otimismo.

– Devemos trabalhar olhando para as boas ações das nossas comunidades e paróquias, pois há muita gente boa para nos ajudar. O pessimismo e as críticas nos paralisam. É preciso que tenhamos um novo olhar para as nossas famílias e trabalhar para ajudá-las.

No sábado, 3 , Felipe Neri Tavares apresentou os objetivos e as funções do INAPAF (Instituto Nacional da Pastoral Familiar), além de explicar aos agentes a maneira de implantar os estudos em suas dioceses. A apresentação agradou os participantes que se comprometeram a efetivar as propostas de estudos para as paróquias.

No domingo, o bispo referencial, repassou aos agentes as diretrizes gerais da ação evangelizadora da Igreja no Brasil para o período de 2011 a 2015. De um modo fácil e simples de entender, o bispo de Caçador encheu as lideranças de esperança ao revelar que nas diretrizes gerais a preocupação com a família é ponto central.

– A Igreja em todo o Brasil entende que a família precisa estar bem estruturada e baseada nos valores cristãos. Contudo, só poderemos amparar e ajudar todas as famílias que passam por dificuldades, se estivermos devidamente preparados e bem organizados.

O assessor da CNBB, padre Wladimir Porreca participou do encontro durante os três dias. Destacou para  todos os casais que é um adepto da catequese familiar.

– Nós temos que devolver às famílias o que é próprio dela. Nós estamos terceirizando tudo, até a educação dos filhos. Nós precisamos retomar o modelo de catequese familiar, onde pai, mãe e filhos trabalham juntos na evangelização dos filhos -, enfatizou.

Para Porreca, todos os agentes da Pastoral Familiar devem ajudar a desenvolver a catequese familiar para que a igreja doméstica e, por consequência toda a nossa Igreja seja cada vez mais forte e presente.

Reportagem: Ruy Ferrari, da Pastoral Familiar
Edição: Marcelo Luiz Zapelini

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This