Papa é homenageado pelo 60º aniversário de sua primeira missa

O Santo Padre não escondia sua alegria e emoção ao ouvir a música de sua terra natal

– Deixemo-nos tocar pela fé. Deixemo-nos guiar pela fé para que o esplendor do céu possa nos alcançar e iluminar o mundo nas suas misérias, tornando-o belo e resplandecente.

Estas foram as palavas do Papa Bento XVI ao concluir seu discurso à delegação de Traustein que esteve em Castel Gandolfo. A visita aconteceu por ocasião do 60º aniversário da primeira missa presidida pelos irmãos Joseph e Georg Ratzinger na paróquia da cidade bávara ocorrida em 8 de julho de 1951. Ainda fazendo parte das homenagens foi oferecido ao Santo Padre um concerto e um anel de honra.

O Santo Padre não escondia sua alegria e emoção ao ouvir a música de sua terra natal.

– Com vocês, Castel Gandolfo tornou-se uma cidadezinha bávara e estou contente, porque através de vocês, se faz presente aqui a minha terra”, disse o Papa à delegação composta por 250 pessoas de diversos grupos folclóricos e por expoentes dos Schützen desta pequena localidade bávara meridional.

Para Bento XVI, a homenagem musical e a entrega do “anel de honra” trouxeram boas recordações de sua terra natal.

– Terra bendita é a nossa. Graças ao Criador que nos deu as montanhas, os lagos, os vales, os bosques. Temos que Lhe ser gratos, porque nos confiou uma parte tão preciosa do nosso planeta -, confidenciou o pontífice.

Ainda recordando sua terra natal, Bento XVI questionou sobre o que seria a Bavária sem alguns de seus principais monumentos.

– O que seria da Baviera sem as torres e cúpulas de suas igrejas, sem o esplêndido barroco e a alegria dos remidos que nelas se expande? Sem a nossa música sacra, que nos faz olhar diretamente para o Paraíso? O que seria sem as igrejas, as cruzes das estradas, as capelinhas? -, disse.

O “Anel de Honra” do distrito de Traustein é uma honraria especial instituída em 1969 e que só havia sido conferida anteriormente a apenas sete personalidades por suas obras em benefício da comunidade local. O anel foi entregue ao pontífice pelo Mestre Ourives August Perchermeier e por seu filho Philipp.

Gaudium Press

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹dez 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This