Pastoral da Criança atende mais de 4 mil crianças na Diocese de Joinville

Alimentação saudável, cidadania, manutenção do peso e atividade física são objetivos do trabalho

Freira coordena 27 paróquias que atuam em 95 comunidades (Foto: Divulgação)

“Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). A frase, dita por Jesus e narrada por João, é o lema da Pastoral da Criança, e pode ser usada também para definir a missão de Maria Salete Wiggers, a irmã Salete. Há 37 anos na vida religiosa, a Coordenadora Diocesana da Pastoral da Criança dedica o seu tempo ao atendimento às crianças e gestantes em situação de risco.

Ela coordena 27 paróquias que atuam em 95 comunidades da região de abrangência da Diocese de Joinville. Cerca de 4.650 crianças de zero a seis anos e 45 gestantes são atendidas pelo programa cujo objetivo principal é melhorar a saúde das crianças e gestantes através da alimentação saudável, cidadania, manutenção do peso e atividade física. Irmã Salete começou a desenvolver seu trabalho na comunidade do bairro Jardim Paraíso, onde mora.

– Não precisamos ir longe para encontrarmos gente precisando de ajuda. Ao nosso lado sempre tem alguém que necessita de atenção -, argumenta.

O carinho que as pessoas têm pelo trabalho desenvolvido pela Pastoral é reconhecido.

– A aceitação das pessoas é algo incrível. Quando passamos pelas ruas as pessoas nos chamam para serem atendidas -, orgulha-se.

– Acredito que quem aceita ser voluntário recebe um chamado de Deus, pois é preciso ter uma espiritualidade muito forte para perseverar. Vemos muita coisa nas famílias que visitamos e pessoas de pouca fé não conseguem continuar -, explica.

A maior dificuldade é encontrar pessoas dispostas a trabalharem pela causa.

– Falta muita gente voluntária para trabalhar. Muitas crianças carentes de Joinville não são atendidas por falta de gente disposta”, lamenta.

Por isso, ela se sente privilegiada por ter sido escolhida.

– Agradeço a Deus pelo chamado que recebi, mas também a todos os homens e mulheres voluntários que desempenham esse trabalho de maneira tão bonita e fazem dele uma missão”.

A maior motivação de Irmã Salete para continuar realizando o trabalho é ver, a cada dia, o desenvolvimento das crianças.

– A nossa maior alegria é conseguir identificar uma criança desnutrida, por exemplo, e acompanhar sua evolução até atingir o peso ideal. Saber que, de alguma forma, contribuímos para salvar uma vida -, comemora.

Setor de Comunicação da Diocese de Joinville

CALENDÁRIO

SuMoTuWeThFrSa

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2020› » 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This