Coordenação nacional do Serviço Pastoral dos Migrantes se reúne em Florianópolis (SC)

“Criar aquilo que a gente tanto sonha: uma terra sem males” – Com essas palavras, o bispo de Pesqueira (PE) e presidente do Serviço Pastoral dos Migrantes, dom José Luiz Ferreira Salles, definiu as atividades da coordenação nacional da Pastoral reunida entre os dias 13 e 15 de agosto, em Florianópolis (SC). Com representantes de todas as regiões do país, o evento foi um espaço de avaliação da caminhada e de planejamento da Assembleia Nacional Eletiva da Pastoral que acontecerá no próximo mês de novembro.

Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

De acordo com dom José Luiz Ferreira Salles, as reuniões da coordenação nacional sempre acontecem em alguma região do país na busca de integração com as realidades locais. “Este encontro foi uma oportunidade de partilha de experiências dos trabalhos com migrantes que são realizados pela Igreja nas diversas realidades brasileiras. É um momento importante e muito significativo para a coordenação nacional, onde se procura conhecer de forma mais aprofundada a realidade migratória e as atividades realizadas na região que nos acolhe”, declarou o bispo.

Durante a programação do encontro, algumas entidades parceiras do Serviço Pastoral dos Migrantes em Santa Catarina partilharam suas experiências no atendimento aos migrantes no estado. Estiveram presentes representantes da Polícia Federal, Programa Pana da Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina e das Pastorais Sociais do Regional Sul 4 da CNBB.

Dom José Luiz Ferreira Salles. Foto: Franklin Machado/CNBB Sul 4.

Desafios da Migração – Dom José também falou das dificuldades enfrentadas nas ações pastorais com os migrantes no país, com destaque para a carência de acolhida. “Nosso grande desafio é sensibilizar as pessoas para o acolhimento. Precisamos ter a consciência de que somos todos peregrinos. É necessário superar a xenofobia e o paradigma de que o povo estrangeiro vem para o nosso país para tomar o nosso lugar, afinal de contas, somos todos migrantes”, afirmou. O bispo disse ainda, que, “o Papa Francisco chama muito a atenção para uma conversão pastoral, uma mudança do coração das pessoas no sentido de acolher e abrir espaços para essa acolhida”.

O Serviço Pastoral dos Migrantes é uma pastoral social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e tem como centralidade a acolhida da pessoa do migrante, seja nos locais de origem como de destino, e a defesa dos seus direitos, independente de raça, credo, cultura ou gênero. Em 2020 o Serviço se prepara para a comemoração dos 35 anos de sua criação no Brasil.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

CALENDÁRIO

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹ago 2019› » 

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This