Reunião de Assessores e encontro ordinário do Conselho Permanente da CNBB marcam a semana

Nesta segunda-feira, 18 de junho, na sede provisória da CNBB Matriz, em Brasília (DF) estarão reunidos os assessores de todas as comissões da Conferência. Os bispos que compõem o Conselho Permanente da entidade participam de encontro da agenda ordinária de terça à quinta-feira, 21 de junho. Nas duas ocasiões, pautas extensas esperam os participantes.

Grupo de Assessores

Sob a coordenação do P. Deusmar Jesus da Silva, subsecretário Adjunto de Pastoral da CNBB, os assessores das 12 comissões episcopais pastorais de Liturgia, Animação Bíblico-Catequética, Cultura e Educação, Laicato, Vida e Família, Juventude, Comunicação, Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso, Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, Doutrina da Fé, Ministérios Ordenados e Vida Consagrada e Ação Social Transformadora. Além deles, também participa a assessoria da comissão especial para a Amazônia e assessores de Política, de Direito Canônico e de Imprensa.

Na reunião desta segunda-feria, entre vários assuntos programados, os assessores devem tratar da seguinte pauta: Partilha sobre Amazônia e REPAM; Assembleia dos Organismos do Povo de Deus; 4ª Semana Nacional de Catequese; Sugestões de temas para Campanha da Fraternidade 2020; Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil – 2019 – 2023 e Prêmios de Comunicação da CNBB.

Conselho Permanente

Os bispos participam da segunda reunião anual do Conselho Permanente durante três dias de trabalho, de 19 a 21 de junho. Participam do Conselho Permanente (CP) da CNBB a presidência da CNBB (constituída pelo arcebispo de Brasília e presidente da entidade, dom Sergio da Rocha; o arcebispo de Salvador e vice-presidente, dom Murilo Sebastião Krieger; o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral, dom Leonardo Steiner), os presidentes das doze Comissões Episcopais Pastorais e membros eleitos dos Conselhos Episcopais Regionais. Santa Catarina é representada pelo bispo de Tubarão (SC) e presidente do Regional Sul 4, dom João Francisco Salm.

Na pauta dos trabalhos desta semana, os bispos vão acompanhar uma análise de conjuntura sócio-política do Brasil e obedecer algumas tarefas estatutárias que pedem desse segundo encontro do CP algumas definições importantes para assuntos que tocam o ritmo de trabalho tanto da administração e das finanças da entidade como da animação da ação evangelizadora da Igreja no Brasil.

Com informações da CNBB.

Share This
Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!