Casa de Apoio São José é inaugurada com a bênção do arcebispo

Um antigo sonho do arcebispo dom Wilson Tadeu Jönck e do capelão do hospital, padre Almir José Ramos, já é realidade. Isto porquê, foi inaugurada na quarta-feira, 13, a Casa de Apoio São José, no bairro Praia Comprida, em São José.

O local vai acolher pacientes e acompanhantes do Hospital Regional que se deslocam de outras cidades do Estado e não estão internados no hospital e precisam pernoitar.

A casa foi cedida pela Prefeitura Municipal de São José, através de um contrato de sessão de uso com a Ação Social Arquidiocesana (ASA).

A solenidade de inauguração contou com voluntários do Serviço de Humanização do Hospital, autoridades municipais e estaduais, empresários, padres e o arcebispo, dom Wilson.

O capelão do Hospital Regional, padre Almir, agradeceu a todos que contribuíram com a reforma do prédio, como o Instituto de Ensino Superior da Grande Florianópolis (IES) que, em parceria com os alunos de engenharia, doaram todo o projeto arquitetônico; a Pastoral Hospitalar do Hospital Regional, Fundação Nova Vida, Associação dos Amigos do Hospital Regional de São José (AAMHOR), o pároco da Paróquia de São José, padre Cláudio Peters, empresários da região e a comunidade.

Ele relatou ainda algumas situações de pedido de ajuda. “Muitas pessoas vêm de outras cidades e precisam de um simples local para tomar banho e não tem. Doentes da oftalmologia são os que mais nos procuram, porque eles fazem o procedimento em um dia e no outro precisam voltar ao hospital. Não vamos acolher moradores de rua, porque não é o foco da casa. O foco é o paciente e o acompanhante”, destacou o capelão.

Padre Almir falou que a Casa de Apoio precisa de parcerias e de ajuda para pagar as contas que foram feitas de materiais e da mão de obra necessários para a reforma. No local tem 28 camas e poltronas de descanso para quem não precisar pernoitar, além de máquina de lavar para os que necessitarem apenas lavar as roupas.  

Confira as imagens da inauguração

“A missão da Igreja passa pela caridade. A missão da ASA é procurar estar presente onde estiver um necessitado. Não vamos aliviar todas as dores, mas vamos amenizar bastante. A farinha e o azeite não haverão de faltar”, disse o presidente da ASA, Diácono Djalma Lemes.

Para a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, “queremos contar com a força do voluntariado. Obrigada à Igreja Católica que se preocupa com questões importantes do ser humano”.

Para o arcebispo, uma sementinha começa a brotar e, de repente, cresce. “Há muita bondade no coração das pessoas. Esta obra está sendo possível, porque muita gente se sensibilizou. Não acabou, contamos com a grande força do voluntariado. Quando muitas pessoas se unem, a obra acontece. Um grande muito obrigado para àqueles que se emprenharam”, enfatizou Dom Wilson, que abençoou ao final da cerimônia, todas as dependências da casa.

Apoie esta causa:

Doações para a Casa São José, de móveis, utensílios, equipamentos, alimentos e outras podem entrar em contato com a Ação Social Arquidiocesana (ASA) pelo telefone (48) 3224-8776 ou com o Serviço de Atendimento Humanizado do Hospital Regional de São José, no telefone (48) 3271-9019.

A casa conta com o convênio com a Celesc, sendo o valor mínio de cinco reais para ser descontado na conta de energia.

Por assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Florianópolis

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

CALENDÁRIO

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This